Comunidade Luterana de Rio Bonito comemora Festa da Colheita

0

A Festa da Colheita é uma tradição na Igreja Luterana. Na comunidade do Rio Bonito foi comemorada na manhã de domingo (21). Muitos visitantes prestigiaram o culto, assim como o “Coral de Trombudo Central”, acompanhado pelo seu pastor Nelson Sommer, que foi pároco por mais de 15 anos no Rio Bonito e relembra este tempo saudosamente: “É uma comunidade muito dinâmica, ativa, que acolhe muito bem, então aqui eu me senti em casa. Estou voltando agora com o coral de Trombudo onde residimos e já me sinto em casa. Eu trouxe uma palavra de agradecimeto, porque para nós é um momento ímpar e muito tocante nos unir à Comunidade daqui para louvar ao Senhor e para eles, deixo  uma palavra: Vive a fé em Cristo Jesus“, orientou o pastor Sommer.

festa-da-colheita-luterana-rio-bonito-12-wPastor Nelson Sommer e esposa. Nelson foi pároco por mais de 15 anos na Comunidade de Rio Bonito

O pastor Cristiano Ritzmann que completou 1 ano como pároco local, no dia 1 de agosto, compartilhou: “Em relação a este culto é sempre uma satisfação realizar, porque é a oportunidade que as pessoas tem de agradecer a Deus e é bacana a gente perceber, as pessoas trazendo a sua oferta e não importa a quantidade, sempre vem de corações agradecidos. Em nome da Comunidade, expresso nosso agradecimento a todos os visitantes e deixo o convite já para o próximo ano, pois esta festividade acontece todo mês de agosto e todos serão sempre bem vindos“.

festa-da-colheita-luterana-rio-bonito-09-wPastor Cristiano Ritzmann e família. Cristiano é pároco na Comunidade de Rio Bonito há 1 ano

Toda a organização, preparativos e decoração da festa, da igreja e do altar foram possíveis  devido à união da Comunidade. “Sempre tem uma oferta que fica para a comunidade, para os trabalhos desenvolvidos. Conquistar com isso a reunião da Comunidade, é o fato principal“, finaliza Ritzmann.

Após o culto, a festa continuou no amplo salão anexo à igreja, onde 600 pessoas eram aguardadas para a feijoada. As crianças tiveram um espaço para brincar e quem não almoçou no local, levou feijoada para continuar com a festa em casa.

Redação e Fotos: Maria Cláudia Bergmann

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here