54ª Festa do Colono: realeza é escolhida entre 12 candidatas

0

A segunda noite da 54ª Festa do Colono (sábado), foi abrilhantada pela beleza das candidatas à realeza, acompanhadas por familiares, faixas e o empenho criativo das torcidas que apesar do intuito de motivar individualmente às concorrentes, acabaram se unindo no grito e na esperança.

Em trajes tipicamente germânicos como dita a competição, as 12 participantes desfilaram perante os jurados que tiveram suas identidades mantidas em sigilo, até o momento em que foram anunciados pelo mestre de cerimônia Rafael Custódio, para compor a mesa.

Na sequência o público recebeu calorosamente as pré-inscritas: Aline, Ana Paula, Brenda, Camylla, Chirley, Cristal, Dara, Jaciane, Karen, Suyane, Taís e Taíssa para o desfile e coreografia, onde cada uma teve a oportunidade de expor o seu melhor e assim, ser observada pelo júri.

O Grupo Folclórico Alpino Germânico de Pomerode, contribuiu com a experiência adquirida nestes 48 anos de criação, para amenizar a tensão enquanto os votos eram apurados.

O momento mais aguardado da noite, revelou então oficialmente a realeza do ano: Taís Laskosky (Miss Simpatia), Suyane Mates (Segunda Princesa), Aline Stefani Janing (Primeira Princesa) e então, Ana Paula Poffo dos Santos 23 anos, como Rainha que compartilhou a emoção da coroação com os pais Ilda e Francisco. Ana Paula declarou: “Estou muito honrada em poder representar a realeza da 54ª Festa do Colono, uma festa muito importante para os moradores de Pirabeiraba e região. Espero cumprir a missão que me foi dada“.

vencedoras-festa-do-colono-wNova realeza já com suas faixas e coroas

A passagem das faixas e a coroação das 4 eleitas, foi feita pela realeza do ano anterior e pela organização do evento. O reinado terá duração de 1 ano, até a próxima Festa do Colono e de acordo com a tradição, 4 novos nomes ganharão destaque.

Os Montanari iniciaram o baile com a valsa da realeza  e as demais candidatas. O público encheu a pista, embalados noite à dentro.

Redação Viva Pirabeiraba
por Maria Cláudia Bergmann

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here