Doença de Alzheimer: setembro é o mês da conscientização

0

O Ancianato Bethesda, recebeu uma palestra alusiva ao “Mês Mundial da Doença de Alzheimer”, no qual, associações por todo o mundo, desenvolvem atividades para conscientizar a população sobre o assunto. A equipe que abordou o assunto, contou com profissionais de psicologia, assistência social e pela terapeuta ocupacional Francine Marchi Poleza, também presidente da ABRAz (Associação Brasileira de Alzheimer), regional de Santa Catarina, que explanou:

Demência é um nome coletivo, para as síndromes cerebrais degenerativas progressivas que afetam a memória, pensamento, comportamento e emoção. A doença de Alzheimer e a demência vascular, são os tipos mais comuns e responsáveis por mais de 90% dos casos. Os sintomas podem incluir: perda de memória, dificuldade em encontrar palavras ou compreender o que as pessoas falam, dificuldade para desempenhar tarefas rotineiras ou prévias e mudanças de personalidade e do humor”.

alzheimer-cartaz

Hoje no Brasil estima-se que 7,1% da população acima dos 60 anos são acometidos por algum tipo de demência. Em Joinville estes números são de aproximadamente 4 mil idosos e muitos deles, ainda sem diagnóstico e sem tratamento, tendo em vista a dificuldade para se fechar um diagnóstico e por muitas vezes, sub julgar os sinais e sintomas, como sendo próprios do envelhecimento”, explicou Poleza.

Os funcionários de forma geral, receberam instruções quanto ao acolhimento, abordagens em situações inesperadas e incentivados a manter o desenvolvimento de suas funções de forma humanizada, uma vez que direta ou indiretamente, todos mantém contato com os moradores do Ancianato.

COMPARTILHAR

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here