SC participa das Paralimpíadas Escolares com 96 atletas

Ao todo a delegação será composto por 130 pessoas entre técnicos, dirigentes e atletas. É a segunda maior delegação da competição, perdendo apenas para São Paulo, com 153 atletas

0
Time de SC campeão brasileiro de 2014. Foto: Rodrigo Braga/Fesporte

Quando a etapa nacional das Paralimpíadas Escolares começar, na terça-feira, 21,em São Paulo, a expectativa é que o time de Santa Catarina possa repetir o feito de 2014, quando foi campeão brasileiro, deixando para trás gigantes como Rio de Janeiro e São Paulo. “Sabemos que a tarefa é difícil, mas não impossível já que no ano passado fomos vice-campeões”, acredita João Cascaes, diretor técnico da delegação catarinense, composta por 96 atletas.

Naquele ano, SC conquistou 59 medalhas, sendo 31 de ouro, 20 de prata de 8 de bronze. Na pontuação final, somou 351 pontos, contra 350 do Rio de Janeiro, 341 de São Paulo e 275 de Minas Gerais.

Os catarinenses viajam nesta segunda-feira, 20, rumo a São Paulo. Ao todo a delegação será composto por 130 pessoas entre técnicos, dirigentes e atletas. É a segunda maior delegação da competição, perdendo apenas para São Paulo, com 153 atletas.

Até o dia 25 de novembro a briga pela tão cobiçada de medalha de ouro passará pelas provas de atletismo, bocha paralímpica, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, goalball, judô e futebol de sete.

As provas serão realizadas no CT Paralímpico, na Rodovia dos Imigrantes, na capital paulista. A expectativa do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), organizador do evento, é que participem da competição cerca de 900 atletas de 12 a 17 anos. A delegação catarinense será gerenciada pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here