Santa Catarina poderá ter Frente Parlamentar para desenvolver o agronegócio e turismo rural

Quase seis milhões de hectares do território catarinense são usados por produtores rurais, sendo que 90% são pequenas propriedades responsáveis por 70% de tudo que é produzido no estado e que emprega cerca de 240 mil pessoas

0

O deputado estadual Patrício Destro (PSB) protocolou nesta semana um requerimento solicitando ao presidente da Assembleia Legislativa a criação da Frente Parlamentar do Agronegócio e Turismo Rural. “Nosso objetivo é criar um grupo que trabalhe unido aos pequenos produtores e moradores de cidades com potencial turístico para desenvolver esses setores”, argumentou Destro.

“Nosso objetivo é criar um grupo que trabalhe unido aos pequenos produtores e moradores de cidades com potencial turístico para desenvolver esses setores”

Quase seis milhões de hectares do território catarinense são usados por produtores rurais, sendo que 90% são pequenas propriedades responsáveis por 70% de tudo que é produzido no estado e que emprega cerca de 240 mil pessoas.

Santa Catarina possui o programa SC Rural que auxilia os associados no desenvolvimento das atividades, porém muito municípios com potencial para o turismo rural ainda não explora esse ramo da economia que além de melhorar a qualidade de vida, evita o êxodo rural e aumenta a renda de quem tem o campo como local de sobrevivência.

patricio-destro

“É por isso que o nosso objetivo é reunir lideranças das cidades que queiram investir nesse ramo para juntos encontrarmos alternativas que facilitem o trabalho, divulgação e de fato façam as cidades se desenvolverem, acreditamos que o nosso pedido para a criação da Frente seja atendido com rapidez pela Alesc”, concluiu Destro.

COMPARTILHAR

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here