Carro cai em ribanceira na Serra Dona Francisca e três pessoas ficam feridas

No momento do acidente estava chovendo e a pista escorregadia, no trecho do acidente não existe iluminação e a sinalização é precária.

34

(Gazeta de Joinville) – Por volta das 23 horas de terça-feira (9), uma  saída de pista foi registrada na curva do km 16,8, da SC-418, na serra Dona Francisca. Três mulheres estavam no veículo que desceu uma  ribanceira com aproximadamente 100 metros. O acidente foi registrado na mesma curva onde no último final de semana um casal ficou 36 horas a espera de resgate.

Socorristas dos Bombeiros, do SAMU e da Polícia Militar Rodoviária foram acionados para atender a ocorrência. Uma das ocupantes do carro conseguiu subir a ribanceira e pediu ajuda. Um motorista que passava no local avistou a mulher e acionou o resgate.

Fernanda Silveira, 25 anos, foi a primeira a ser resgatada. A outra mulher, de 83 anos, ficou presa nas ferragens e após um trabalho em conjunto que envolveu vários socorristas, Maria dos Reis foi resgatada. Ela apresentava suspeita de politraumatismo e foi conduzida em estado grave para a emergência do Hospital Municipal São José por uma Unidade de Saúde Avançada do SAMU.

Durante os trabalhos, o condutor de um caminhão com placas de Pien/PR, carregado com tubos de aço perdeu o controle do veículo, saiu da pista e quase atropelou as equipes de resgate. O veículo tombou aproximadamente 20 metros do local do primeiro acidente. O homem afirmou para os policiais que perdeu os freios e teve que jogar o caminhão contra o barranco.

Segundo ele, o início da viagem foi na cidade de São Bento do Sul e o destino seria a cidade de Itajaí. Os policiais efetuaram o teste do bafômetro, que teve como resultado 0,69 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O condutor que não teve a identidade revelada  foi preso em flagrante.

No momento do acidente estava chovendo e a pista escorregadia. No trecho do acidente não existe iluminação e a sinalização é precária.

34 Comentários

  1. Fatalidades acontecem, mas existe sinalização desde o hotel fazenda Dona Francisca advertindo do perigo da serra e placas para baixar a velocidade, uso essa rodovia semanalmente e vejo as loucuras que muitos motoristas imprudentes fazem. As autoridades podem melhorar as condições da rodovia sim com certeza, mas enquanto isso não acontece vamos ser mais prudentes.

  2. Sinalização tem sim e a maioria não respeita,pois nesse sábado na 418 antes da gente pegar o temporal um carro estava nos ultrapassando encima de uma curva,se está um sol lindo e maravilhoso não vejo as pessoas seguindo as placas como um exemplo a 30 km/h

  3. A culpa é do asfalto em mas condições da falta iluminação e blá blá blá.
    Morei 8 anos em Joinville todo final de semana estava em Campo Alegre, não cabe a mim julgar porém existe SIM uma falta de atenção dos motoristas… Quantas pessoas aqui que estão dia a dia nas ruas e conseguem ver a velocidade que carros e caminhões trafegam nas vias. Não vamos tapar o sol com a peneira, por que a maioria dos acidentes (É NA SERRA)?

  4. não vai ser mais iluminação q vai melhorar,pq é o seguinte,os caminhoneiros vem em alta velocidade desde campo Alegre mais ou menos, daí quando chega aqui em baixo na serra nas primeiras curvas é onde acontecem mais acidentes, porém quando o caminhão está em alta velocidade, não tem mas como tentar reduzir a velocidade,os freios estão quentes,e c tentar votar marcha, destrói a caixa de marcha e com ela o motor.Mas porém na minha opinião deveriam pôr uma área de ESCAPE,como na serra de Curitiba,bem na primeira curva mais fechada,pra quem desce sentido Joinville, talvez c chegasse isso em alguma pessoa,q não posso nem chamar de “político”,mas enfim acho que seria uma boa ideia!!?!

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here