Fabio Dalonso pede restrição de horário para circulação de cargas perigosas na Serra Dona Francisca

8
Vereador Fabio Dalonso Foto: Nilson Bastian / Comunicação / CVJ

Na primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Joinville em 2018, realizada nesta segunda-feira (05), o vereador Fabio Dalonso, utilizou a tribuna para falar sobre os riscos de contaminação da água, caso aconteça uma colisão envolvendo um caminhão-tanque de combustível ou produtos tóxicos na Serra Dona Francisca. “O risco de poluir o manancial é grande e o acidente pode provocar um colapso no abastecimento de Joinville“, declarou.

Dalonso apresentou a moção 49/2018, pedindo “aos Deputados Estaduais Dalmo Claro de Oliveira, Darci de Matos, Kennedy Nunes e Patrício Destro e ao Comandante da Polícia Militar Rodoviária, Cel. PM José Norberto de Souza Filho, que criem uma Lei, proibindo o tráfego de caminhões com cargas tóxicas e de combustível, no período noturno e limitando este tráfego, na SC 418, notadamente na Serra Dona Francisca, nos horários matutinos e vespertinos, com observação da Polícia Militar Rodoviária

Em uma pesquisa rápida, identificamos vários exemplos de acidentes com cargas perigosas que vazaram para o rio Cubatão e afluentes nos últimos anos:

Abril de 2011 – Parte da carga de etanol de caminhão acidentado vazou para o rio Cubatão

Janeiro de 2014 – Acidente envolvendo caminhão na Serra Dona Francisca, em Joinville, provoca vazamento de óleo no Rio Cubatão

Janeiro de 2015 – Caminhão tanque tomba em barranco e derrama 12 mil litros de óleo em afluente do rio Cubatão, em Joinville

COMPARTILHAR

8 Comentários

  1. Tá… Quando aconteceu o último acidente com caminhão de carga perigosa???
    E… Quando aconteceu o último acidente com carro de turista???
    Será que são mesmo os caminhões que precisam de restrição???

  2. O problema que os caminhoneiros ja estão com maior problema .
    Pedagios caros estradas pecimas.
    Se o vereador não sabe Cuiabá santarem sera um bom exemplo pro vereador se espelhar antes de impor ideias.furadas.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here