Reforma completa da Serra Dona Francisca custaria 1 milhão, segundo Deinfra

O Jornal de Joinville mostra as virtudes e os problemas da SC-418. Hoje você vai ler que para revitalizar toda a Serra Dona Francisca seria necessário um investimento de 1 milhão do Governo do Estado.

6
Há quatro anos, o local foi completamente revitalizado com a recuperação do asfalto, sinalização vertical e horizontal, melhorias no mirante e iluminação pública - Fotos Reprodução Viagens e Caminhos

(Jornal de Joinville) – Quem sobe ou desce a Serra Dona Francisca pode ter a impressão de que há muito tempo a aquele trecho da SC-418 não passa por melhorias. Mas a última reforma nem é tão antiga. Há quatro anos, o local foi completamente revitalizado pelo Governo do Estado, que investiu na recuperação do asfalto, sinalização vertical (placas e guard-rails) e horizontal (faixas e tachões refletivos), adequação e melhorias no mirante da serra e uma eficiente iluminação pública no trecho mais perigosos da rodovia.

Desde então, a ação do tempo e do homem destruíram quase tudo o que foi feito em 2014. O Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) até tenta minimizar os estragos com ações paliativas, mas conforme o Jornal de Joinville vem mostrado ao logo da semana, o que nossa centenária serra precisa é de uma reforma completa.

Esta também é a opinião do superintendente Norte do Deinfra, Ademir Vicente Machado. “O principal problema que vemos ali é a necessidade de reposição da sinalização, que foi apagada com o tempo, ou destruída em decorrência de acidentes. Outro ponto importante é a revitalização de todo o sistema de iluminação pública, que, por duas vezes, foi roubado logo após ser inaugurado”, explica Ademir Machado.

Segundo o responsável pelo Deinfra na região, para este trabalho seriam necessários cerca de R$ 600 mil a R$ 800 mil. Já a reforma completa da serra, com uma revitalização do mirante custaria aos cofres públicos R$ 1 milhão. “Temos conversado com o Governo do Estado para tentar viabilizar estes recursos. Sem dúvida é uma obra importante que trará mais segurança aos motoristas que utilizam a SC-418”, comenta Machado.

Enquanto recurso para revitalização da serra não é liberado, Deinfra promove ações paleativas
Enquanto recurso para revitalização da serra não é liberado, Deinfra promove ações paleativas

Ele informou também que nos últimos dias o governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira (MDB), anunciou trocas no comando da Seinfra (Secretaria do Estado da Infraestrutura) e que o diretor da unidade, Paulo França, pediu para que os responsáveis do Deinfra façam um levantamento de todas as necessidades das rodovias estaduais. “Enquanto os recursos para a revitalização completa não são liberados, seguimos fazendo ações mais pontuais nas defensas, substituindo os guard-rails danificado e as placas de sinalização que hoje estão meia-boca”, completa o superintendente do Deinfra no Norte catarinense, Ademir Machado.

ADR Joinville é a responsável por roçadas

Todo o trabalho de corte da vegetação que margeia a SC-418, entre Joinville e Campo Alegre, é de responsabilidade da ADR Joinville (Agência de Desenvolvimento Regional). O gerente de contratos de convênios da unidade, Afonso João Ramos, enaltece que a roçada é feita por uma empresa terceirizada. “Recentemente tivemos problemas com a empresa contratada, isso prejudicou o trabalho de corte da vegetação nas estradas da região, inclusive na SC-418. Nesta semana tudo foi normalizado e as equipes já fazem a manutenção da rodovia que leva à Serra Dona Francisca”, explicou Ramos.

A previsão é executar a roçada no trecho até Campo Alegre em duas semanas. Afonso Ramos diz ainda que o trabalho de manutenção na estrada é feito de três a quatro vezes por ano. “Somos responsáveis em fazer o corte da vegetação em 176 quilômetros de rodovias estaduais entre Itapoá, São Francisco do Sul, São João do Itaperiú e Campo Alegre. É uma área muito grande e tentamos priorizar as rodovias com maior movimento”, finaliza o gerente de contratos e convênios a ADR Joinville, Afonso João Ramos.

Gerente de Contratos da ADR Joinville afirma que que o roçada da SC-418 começou no início da semana. Trabalho deve durar duas semana | Foto Arquivo/ADR Joinville
Gerente de Contratos da ADR Joinville afirma que que o roçada da SC-418 começou no início da semana. Trabalho deve durar duas semana – Foto Arquivo/ADR Joinville

Você sabia? – Curiosidades da SC-418 

– A rodovia SC-418 recebe três nomenclaturas diferentes ao logo do trecho que liga Joinville a São Bento do Sul;

– O primeiro, entre Joinville, no km 0, e Campo Alegre, km 44,2 ela é chamada de Rodovia Imperial Estrada Serra Princesa Dona Francisca;

– No trecho afrente, até o km 59,6 em São Bento do Sul ela é conhecida como Rodovia Deputado Genésio Tureck;

– A partir do km 59,6 em São Bento do Sul até o km 67,986 no distrito de Fragosos, ligando-se com a PR-420 no estado do Paraná, a SC leva o nome de Rodovia dos Móveis.

6 Comentários

  1. -Não sei da onde tiraram essa informação de que a serra foi totalmente revitalizada, há 4 anos, deve ter outra serra Dona Francisca em outro lugar do mundo, porque essa aqui de Pirabeiraba foi revitalizada a ultima vez quando o governador ainda era o Amin, há 15 anos atrás, pois já fazem 3 anos que retiram o mirante que estava caindo e iriam fazer um novo que levaria 6 meses, até agora nada. dale colombo senador

  2. O que é 1 milhão pra quem vai gastar 4 milhões para asfaltar uma RUA em Jlle??? A tal rua ( que está uma vergonha ) e a Prudente de Morais no Costa e Silva/Santo Antônio/América sei lá qual é o bairro e que deve ter o que, uns 2 km????

  3. Cada vez fico mais envergonhada, as autoridades subestimam nosso conhecimento sobre viver, transitar, observar a Serra Dona Francisca. Estamos todos os dias nessa estrada e sabemos bem do abandono na manutenção, mas não é esse o maior problema, a iluminação e a matagueira nas laterais são secundárias comparadas ao tráfego de carga pesada. Pedágio, já! Um milhão (?) para a revitalização da estrada é dinheiro de cachaça , se levarmos em conta o que roubam esses políticos ladrões espalhados por todo o Brasil…vão tomar vergonha na cara, ordinários, calhordas, impressionistas.

  4. Já que o governador está gastando com a ponte Hercílio luz , poderia gastar um milhão na Serra dona Francisca já que Florianópolis ganha muito dinheiro de todas as cidades de Santa Catarina

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here